Bernardo Santana - Deputado Federal

Notícias

Home » Notícias » Inclusão de municípios no semiárido é tema de audiência com ministros

11/9/2013 às 00:00:00

Inclusão de municípios no semiárido é tema de audiência com ministros

Inclusão de municípios no semiárido é tema de audiência com ministros

Confira!

O deputado Bernardo Santana participou hoje (11) de audiência com os ministros do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel; da Integração Nacional, Fernando Bezerra; e da Agricultura, Antonio Andrade. Um dos idealizadores da audiência, Bernardo Santana foi acompanhado de prefeitos do Norte de Minas e do Vale do Jequitinhonha, além de outras autoridades, para cobrar do governo federal o reconhecimento de mais 55 municípios no semiárido brasileiro.

Os referidos municípios, igualmente atingidos pela seca, hoje não são beneficiados por políticas públicas e ações emergenciais porque foram excluídos da área do semiárido por meio de critérios técnicos de precipitação pluviométrica, conforme estudo entregue aos ministros, realizado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais – EMATER.

O ministro Bezerra mostrou-se empenhado no assunto e disse que estenderá o estudo a outros órgãos do governo federal para a viabilização do pleito.

O movimento, organizado pela Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene – AMAMS, através do seu presidente Carlúcio Mendes, e que conta com o apoio do deputado Bernardo Santana, quer que o Ministério da Integração Nacional reavalie os critérios estabelecidos, em 2005, para que os municípios possam fazer parte do semiárido e receber benefícios financeiros e socais.

Os 55 municípios do Grande Norte de Minas que aguardam o reconhecimento no semiárido brasileiro são:

NORTE DE MINAS – Bocaiuva, Botumirim, Brasília de Minas, Buritizeiro, Campo Azul, Chapada Gaúcha, Claro dos Poções, Coração de Jesus, Engenheiro Navarro, Francisco Dumont, Glaucilândia, Guaraciama, Ibiai, Icaraí de Minas, Itacambira, Jequitaí, Juramento, Lagoa dos Patos, Lassance, Luislândia, Mirabela, Montes Claros, Olhos D'Agua, Pintópolis, Pirapora, Ponto Chique, Riachinho, Santa Fé de Minas, São Francisco, São João da Lagoa, São João do Pacui, São Romão, Ubaí, Urucuia e Várzea da Palma.

JEQUITINHONHA – Angelândia, Aricanduva, Capelinha, Carbonita, Couto de Magalhães de Minas, Datas, Diamantina, Felício dos Santos, Gouveia, Itamarandiba, Leme do Prado, Minas Nova, Palmópolis, Presidente Kubitschek, Rio do Prado, Santo Antônio do Jacinto, São Gonçalo do Rio Preto, Senador Modestino Gonçalves, Turmalina e Veredinha.

Barragem do Berizal

A conclusão das obras da Barragem do Berizal, na microrregião Alto Rio Pardo, também foi pauta da audiência. Segundo o ministro Bezerra, as obras devem ser retomadas ainda neste ano.

Paralisada há 16 anos, as obras da Barragem são essenciais para ajudar a combater a seca na região, que atinge mais de 30 municípios, como Indaiabira, São João do Paraíso, Taiobeiras e Rio Pardo de Minas.